sábado, 30 de julho de 2016

Croquetes de Lentilhas sobre Bulgur de Beterraba


Croquetes de lentilhas sobre bulgur de beterraba e a sua rama salteada
Receita vegetariana (sem qualquer produto de origem animal), para 4-5 pessoas


Ingredientes para os croquetes de lentilhas (15 croquetes)
  • 1 fio de azeite
  • 1 cebola média picada
  • 1 cenoura média ralada
  • 3 chávenas de lentilhas (já cozidas e cor à escolha)
  • 1/2 chávena de farinha de arroz
  • 1/2 chávena de farinha de milho ( para ajudar a moldar/panar no final)
  • 2 colheres de sopa de linhaça 
  • 4 colheres de sopa de água tépida
  • 2 colheres de sopa de salsa picada
  • 1 colher de sopa de cominhos
  • 1 colher de café de sal marinho
  • 2 colheres de sopa de sumo de limão
Preparação dos croquetes
  1. Leve um sauté ou um wok ao lume, aqueça, adicione o fio de azeite e salteie a cebola, até ficar macia.
  2. Entretanto adicione a cenoura, as lentilhas e envolva em lume médio, até a cenoura também ficar macia.
  3. Entretanto, numa taça adicione a linhaça e a água tépida e misture até formar uma goma. Junte ao preparado anterior, mais o sumo de limão e envolva novamente.
  4. De seguida adicione as farinhas, cominhos e o sal.
  5. Envolva todo o preparado com cuidado, deixe cozinhar por mais 3 minutos e adicione a salsa.
  6. Envolva novamente todo o preparado e vá retirando porções de forma a fazer bolas com as mãos, depois coloque alguma farinha de milho, sobre a tábua de corte, para ajudar a moldar de forma cilíndrica.
  7. Leve os croquetes ao forno pré-aquecido a 180-200 graus, durante 10 minutos, regados com 1 fio de azeite ou num sauté aquecido; adicione 1 fio de azeite e vá passando em lume médio até os croquetes ficarem uniformemente dourados.
Ingredientes para a base
  • 1 chávena de bulgur
  • 2 chávenas de água tépida
  • 1 dente de alho com casca esmagado
  • 1 dente de alho picado
  • 1/2 colher de café de sal marinho
  • Coentros q.b. picados (deixe algumas folhas para decorar, no empratamento)
  • 1 beterraba pequena crua ralada
  • 2 ramas de beterraba, lavadas e cortadas em juliana
  • 1 colher de chá de gengibre fresco ralado
  • 1 colher de sopa de sumo de limão

Preparação da base
  1. Leve 1 tacho ao lume com 1 fio de azeite e o alho, aqueça ligeiramente e adicione o bulgur já lavado em água corrente num coador, (peneira de trama fina). 
  2. Envolva e de seguida coloque a água e tempere com o sal. 
  3. Tape e deixe cozinhar por 10 minutos em lume médio ou até a água absorver por completo.
  4. Depois no final da cozedura, adicione a beterraba, os coentros picados e o sumo de limão.
  5. Envolva com 1 garfo e também para ajudar a soltar os grãos e reserve com o tacho tapado.
  6. Entretanto, aqueça um sauté ou wok, adicione o fio de azeite e salteie as ramas, até ficarem macias. 
  7. Salpique com o gengibre, alho picado, o sumo de limão e envolva.
  8. Estando tudo pronto, é só empratar para depois saborear, siga a orientação da fotografia acima ou emprate a gosto.
  Observação: Pode optar por Milhete, em vez de Bulgur. Cozinhando da mesma forma, em lume médio mas por 12-15 minutos.
Ao comprar lentilhas, existem variedades que não precisam de demolha, exemplo; a de cor coral, pois cozem muito rapidamente. Em relação às lentilhas secas castanhas, demolhe em água de 1 dia para o outro. Leve a cozer em água fria (acima 2 dedos de água) durante aproximadamente 20-25 minutos.
Se sobrar congele em sacos próprios para congelação, individuais, para outras futuras utilizações.
Link útil sobre leguminosas; http://www.vivasaudavel.pt/pt/leguminosas/

    terça-feira, 26 de julho de 2016

    Esparguete em Salsa com Bolonhesa de Soja

    Esparguete em Salsa na companhia da Bolonhesa de Soja

    Receita vegetariana (sem qualquer produto de origem animal), para 4-5 pessoas


    Ingredientes base

    • 2 chávenas de soja fina (demolhada por 10 minutos)
    • 1 cebola média bem picada
    • 1 tomate médio cortado em brunoise e sem sementes 
    • 1 cenoura média ralada
    • 260 g de polpa de tomate
    • 400 g de esparguete
    • 1 dente de alho grande picado 
    • 1 colher de sopa de ervas provence 
    • 1 colher de chá de gengibre ralado ou pimenta preta moída no momento
    • 1 colher de café de sal marinho
    • Salsa picada q.b.
    • 1 folha de louro
    • 3 fios de azeite

    Preparação
    1. Leve a cozer durante 7-9 minutos o esparguete em água a ferver num tacho, temperada com 1 fio de azeite e louro. (Não é preciso partir o esparguete se não couber na totalidade no tacho. Com a ajuda de um garfo, vá lentamente introduzindo-o aos poucos na água).
    2. Com o mesmo garfo, vá mexendo de vez em quando para o esparguete não se colar.
    3. Quando estiver cozido, verta para um escorredor, passe por água fria e reserve.
    4. Entretanto num outro tacho, adicione 1 fio de azeite, a cebola e deixe alourar ligeiramente.
    5. De seguida, coloque a soja demolhada num coador, (peneira de trama fina), lave ligeiramente em água corrente e adicione no tacho anterior.
    6. Adicione também ao preparado anterior, os seguintes ingredientes; o tomate e a polpa. Envolva e deixe cozinhar por 15 minutos em lume médio.
    7. Depois quase no final, adicione a cenoura ralada, o sal, ervas provence, o gengibre ou a pimenta, envolva novamente e deixe cozinhar por mais 4  minutos. 
    8. Rectifique os temperos e reserve.
    9. No tacho onde cozeu o esparguete, adicione outro fio de azeite e o alho picado, aqueça de forma a que não queime o alho e adicione o esparguete, envolvendo até ficar um pouco quente. 
    10. Adicione a salsa picada e envolva novamente.
    11. Estando tudo pronto, siga a orientação da fotografia acima ou faça a seu gosto, colocando uma haste de salsa a finalizar.
    Observação: Pode optar por utilizar esparguete integral cozendo por 8-10 minutos. No tacho que cozer esparguete, deve ter água suficiente para facilitar bem a cozedura.
    Link útil, para saber alguns benefícios das massas alimentícias; http://www.apn.org.pt/documentos/ebooks/Ebook_Massas_Alimenticias.pdf
    e sobre a soja;
     https://pt.wikipedia.org/wiki/Soja

    segunda-feira, 18 de julho de 2016

    Sopa de Beldroegas com Coentros




     Sopa de beldroegas com sabor suave a coentros

    Receita vegetariana (sem qualquer produto de origem animal), para 3-4 pessoas

    Ingredientes base

    • 1 cebola média em corte mirepoix
    • 1 nabo médio em corte mirepoix
    • 2 cenouras média descascada em corte mirepoix
    • 1 dente de alho descascado 
    • 1/2 chávena de folhas e (caules, estes picados) de beldroegas
    • 1 colher de sopa de coentros picados (guarde umas folhas, sem picar, para decorar no prato e saborear também)
    • Água q.b.
    • 1 colher de café de sal marinho
    • 1 fio de azeite (facultativo)


    Preparação
    1. Coloque um tacho ao lume com a cebola, as cenouras, o nabo e o dente de alho e uma pitada de sal.
    2. Adicione água, 2 dedos acima dos legumes referidos e leve a cozer até ficarem macios, entre 20-25 minutos.
    3. De seguida triture com a varinha mágica e depois coloque as folhas e os caules das beldroegas e os coentros picados.
    4. Leve novamente ao lume por mais 3 minutos, adicione 1 fio de azeite e envolva.
    5. Rectifique o tempero se necessário e sirva ainda bem quentinha, com as folhas de coentros.

    Observação: Tenha sempre água quente, caso seja necessário para a sopa não ficar demasiada espessa, mas também não convém ficar demasiado líquida.


    segunda-feira, 4 de julho de 2016

    Mousse de Chocolate com Natas

    Mousse de chocolate com natas
    Receita vegetariana (sem qualquer produto de origem animal), para 4-5 pessoas


    Ingredientes base

    • 1 abacate médio maduro
    • 2 bananas médias maduras
    • 1 colher de sopa de sumo de laranja
    • 1 tablete (200 g) de chocolate negro (usei esta marca
    • 250 ml de natas de soja para sobremesas (usei esta marca)
    • Hortelã q.b. para decorar
    • Framboesas ou outra fruta para decorar e saborear q.b.

    Preparação
    1. Descasque as bananas, corte aos bocados e coloque num copo alto de varinha mágica.
    2. Corte o abacate , retire a polpa com a ajuda de uma colher, parta também aos bocados e coloque juntamente com as bananas.
    3. Adicione a colher de sopa de sumo de laranja, triture com a varinha mágica, verta para uma taça maior e reserve.
    4. Entretanto, derreta o chocolate em banho-maria e adicione ao preparado anterior.
    5. De seguida, bata as natas com ajuda de uma batedeira, até ficarem firmes, reserve um pouco para decorar no final e o restante adicione também ao preparado anterior.
    6. Envolva suavemente, coloque em taças individuais ou numa taça maior e decore a seu gosto ou siga a orientação da fotografia acima.
    7. Leve ao frigorífico durante 20 minutos ou até ficar firme. 
    8. Saboreie sempre com amor, porque a hortelã já está na taça.

    Observação: Não tendo um saco de pasteleiro, pode utilizar papel vegetal e formar 1 cone ou mais, de forma a colocar as natas e verter para dentro do cone, para facilitar a decoração em espiral.

    sexta-feira, 17 de junho de 2016

    Cuscuz na companhia do Shitake

     Cuscuz na companhia do shitake e alguns legumes

    Receita vegetariana (sem qualquer produto de origem animal), para 2 pessoas


    Ingredientes base

    • 1/2 chávena de cuscuz
    • 200 g de shitake pequenos com o pé, lavados e limpos
    • 1/2 chávena de grão de bico já cozido
    • 1/2 pimento vermelho cortado aos quadrados
    • Salsa e coentros q.b. picados
    • Ervas provence q.b.
    • Gengibre fresco ralado q.b.
    • 1 chávena de água quente e aromatizada com 1 dente de alho picado
    • Azeite q.b.
    • 1 colher de café de sal marinho 
    • Hortelã para decorar e misturar com os sabores do prato

    Preparação
    1. Coloque o cuscuz num recipiente de vidro, tempere com 1 fio de azeite e verta a água quente, até cobrir na totalidade e tape por 7 minutos.
    2. Depois dos minutos passados e a água estando completamente absorvida, solte os grãos com ajuda de um garfo e reserve.
    3. Em relação aos cogumelos, mantenha o pé, mas corte só as pontas de forma a ficarem lisos. E de seguida num wok, adicione um fio de azeite, deixe aquecer, salteie os cogumelos com o gengibre, ervas provence e metade do sal, até ficarem macios e reserve num recipiente. 
    4. De seguida, no mesmo wok e sem adicionar azeite, salteie o pimento em lume mínimo, até ficar macio.
    5. Depois, adicione a outra metade do sal, o grão de bico, envolva e desligue o lume.
    6. No final, junte ao preparado anterior o cuscuz, adicione as ervas picadas e envolva tudo. 
    7. Rectifique os temperos se necessário e no momento de servir, adicione os shitake a gosto por cima, (siga a orientação da fotografia acima) e coloque hortelã para decorar e saborear, também.


      Observação: Opte sempre por comprar o grão de bico seco e demolhe em água de 1 dia para o outro. Leve a cozer em água fria (acima 2 dedos de água) durante aproximadamente 45-50 minutos. Se sobrar congele em sacos próprios para congelação, individuais, para outras futuras utilizações.

    Trigo Sarraceno acompanhado de Estufado de Favas

    Trigo Sarraceno acompanhado de Estufado de Favas

    Receita vegetariana (sem qualquer produto de origem animal), para 4-5 pessoas


    Ingredientes base

    • 1 chávena e 1/2 de trigo sarraceno, lavado em água corrente, numa peneira de trama fina
    • 500 g de favas com casca, lavadas e com 1 pequeno golpe (4 chávenas)
    • 1 cenoura média cortada às rodelas
    • 1 pimento vermelho médio cortado aos quadrados
    • 1 tomate grande cortado aos quadrados e sem sementes
    • 1 cebola média picada
    • 1/2 molho de coentros picados
    • 1 colher de chá de pimentão doce
    • Orégãos q.b.
    • Folhas de hortelã ripadas q.b. (facultativo)
    • 1 dente de alho picado
    • 1 folha de louro
    • 2 colheres de café de sal marinho
    • 3 chávenas de água tépida (mais alguma q.b. para o estufado)
    • Azeite q.b.
    Preparação
    1. Leve um tacho ao lume com um fio de azeite, adicione a cebola, a cenoura o louro, o pimento, envolva e deixe cozinhar até a cebola ficar translúcida/macia. Reduza o lume para não queimar. Vá mexendo se necessário.
    2. De seguida adicione o tomate, as favas, 1 colher de café de sal, o pimentão doce, envolva novamente e adicione a água de seguida, até meio das favas. Tape e deixe cozinhar até as favas ficarem macias, por cerca de 20 minutos em lume médio.
    3. A 5 minutos do fim, verifique a cozedura, rectifique os temperos se necessário, adicione os orégãos e as folhas de hortelã. Envolva e reserve.
    4. No entanto, enquanto o preparado das favas vai confeccionando, prepare o trigo sarraceno.
    5. Leve outro tacho ao lume com 1 fio de azeite e o dente de alho, salteie ligeiramente sem queimar o alho e adicione o trigo sarraceno.
    6. Salteie ligeiramente, adicione as 2 chávenas de água e 1 colher de café de sal.
    7. Tape e deixe cozinhar durante 10-12 minutos em lume médio, até a água evaporar.
    8. No final do cozimento, coloque os coentros, envolva com 1 garfo, prove e rectifique os temperos se necessário.
    9. Estando tudo pronto, está na hora de fazer o empratamento. Siga a orientação da fotografia acima ou faça a seu gosto.   

       Observação: O trigo sarraceno, não contém glúten e é bastante nutritivo, apresentando mais proteína que o trigo, arroz e milho. As favas são riquíssimas em potássio e também bastante proteicas. Fontes: http://www.alimentacaosaudavel.org/trigo-sarraceno.html http://farmaverde.blogspot.pt/2014/01/propriedades-da-fava.html

    segunda-feira, 30 de maio de 2016

    Almôndegas de Ervilhas e Milho

    Almôndegas de ervilhas e milho com sabor a hortelã

    Receita vegetariana (sem qualquer produto de origem animal), para 6-8 almôndegas

    Ingredientes base
    • 1 chávena e 1/2 de ervilhas previamente cozidas sem sal
    • 1/2 chávena de milho previamente cozido sem sal
    • 1 cebola pequena picada
    • 1 chávena de pão ralado
    • 1 colher de sopa de linhaça moída
    • 2 colheres de sopa de água tépida
    • 2 fios de azeite
    • Sumo de 1/2 limão
    • 9 folhas de hortelã pimenta médias, picadas
    • 1 colher de café de sal marinho
    • Sementes de sésamo (facultativo)
    Preparação
    1. Comece por triturar as ervilhas e o milho, com a varinha mágica ou num processador de alimentos, até ficarem mediamente homogéneos.
    2. De seguida leve um wok ao lume, aqueça, adicione o fio de azeite e salteie a cebola, até ficar macia.
    3. Junte o preparado anterior à cebola e envolva.
    4. Entretanto, numa taça adicione a linhaça e água tépida e misture até formar uma goma. Junte ao preparado anterior, mais o sumo de limão e envolva novamente. 
    5. De seguida junte metade da chávena de pão ralado e as folhas de hortelã e envolva tudo, de forma o preparado ficar uma massa compacta.
    6. Deixe arrefecer ligeiramente e vá retirando porções de forma a fazer bolas com as mãos
    7. Vá passando pela outra metade de pão ralado e leve as almôndegas ao forno pré-aquecido a 180-200 graus, durante 10 minutos, regadas com 1 fio de azeite ou num sauté aquecido; adicione 1 fio de azeite e vá passando em lume médio as almôndegas até ficarem uniformemente douradas.
    8. Salpique com sementes de sésamo ou antes de as cozinhar, passe pelo pão ralado e ao mesmo tempo pelas sementes de sésamo.

     Observação: Pode servir como entrada, ou acompanhamento, estas apetecíveis almôndegas, num prato principal.

    segunda-feira, 9 de maio de 2016

    Tofu em Nori sobre Maça e Tagliatelle de Legumes

    Tofu em Nori sobre puré de maça, acompanhado de tagliatelle de cenoura e courgette

    Receita vegetariana (sem qualquer produto de origem animal), para 2 pessoas


    Ingredientes base
    • 1 cenoura média limpa e laminada no descascador
    • 1 courgette média com casca, cortada só nas pontas, laminada no descascador
    • 1 maça verde, sem o caroço, cortada aos gomos, para cozer
    • 2 fatias de tofu, cortadas em triângulo (usei a marca Elichristi)
    • 4 tiras de alga nori, cortadas com 3 cm de largura 
    • 1 dente de alho picado
    • 1 haste de tomilho
    • 1 colher de sopa de coentros picados
    • 1 colher de sopa de manjericão picado
    • 1 colher de sopa de cebolinho picado
    • 1 colher de sopa de orégãos secos
    • 1/2 colher de café de sal marinho

    Preparação
    1. Comece por temperar o tofu com 1 fio de azeite, alho picado, manjericão, coentros, cebolinho e reserve.
    2. De seguida coloque os gomos de maça num tacho, adicione um pouco de  água, (até a 1/2 dos gomos da maçã) e leve a cozer em lume médio com a haste de tomilho.
    3. De seguida, leve um wok ao lume, deixe aquecer, adicione um fio de azeite e salteie a cenoura e a courgette, até ficarem ligeiramente macios.
    4. Entretanto, tempere com os orégãos, sal marinho, envolva e reserve de forma a não ficarem frios. 
    5. A maçã estando cozida, com a varinha mágica reduza a puré e reserve também.
    6. De seguida, leve uma sauté ao lume, aqueça e passe o tofu com os temperos de ambos os lados, por 2 minutos, em lume médio. 
    7. Entretanto, sobre uma tábua de corte coloque as tiras de nori, com o lado áspero para cima e de seguida vá sobrepondo cada triângulo de tofu correspondente sobre cada uma das tiras, embrulhando cada fatia, como estivesse a fazer, (o processo da dobra da massa da chamuça).
    8. Estando as fatias de tofu embrulhadas, faça o empratamento como a fotografia acima ou a seu gosto (coloquei para decoração, as flores comestíveis; a Borragem e pétalas de Capuchinhas.
    9. Não se esqueça de saborear sempre com amor.
    10.  
    Observação: Se possível, compre sempre tofu de marca biológica e refrigerado. Antes de temperar e consumir, passe sempre por água fria corrente. Se não utilizar o tofu todo, pode conserva-lo no frigorífico coberto de água numa caixa de vidro, até 5 dias, mudando a água todos os dias.

    Link úteis; https://pt.wikipedia.org/wiki/Soja
     http://pt.wikihow.com/Armazenar-o-Tofu

    terça-feira, 26 de abril de 2016

    Tártaro de Morangos e Tomate

    Tártaro de morangos e tomate, sobre cama de alface, salpicado com chocolate negro ralado

    Receita vegetariana (sem qualquer produto de origem animal), para 2 pessoas


    Ingredientes base
    • 1 tomate maduro pequeno, sem sementes e cortado em macedonia
    • 6 morangos médios maduros, lavados e cortados em macedonia
    • 1/2 cebola roxa pequena, descascada e picada
    • 1 colher de sopa de nozes picadas
    • 2 colheres de sobremesa de coentros picados
    • 1 colher de sobremesa de sementes de sésamo ou gergelim 
    • Chocolate negro ralado, (para adicionar, no momento de servir) q.b. 
    • 6 folhas de alface cortadas em juliana
    • 2 fios de azeite
    • 1 colher de sopa de vinagre balsâmico
    • 1 Haste de cebolinho (facultativo)

    Preparação
    1. Depois dos ingredientes estarem todos cortados. Numa taça própria, junte o tomate, os morangos, coentros, a cebola, nozes, as sementes de sésamo, o vinagre, o azeite e envolva tudo, de forma a que os sabores se unam.
    2. Depois na fase do empratamento; siga a orientação da fotografia acima, colocando a cama de alface por baixo e com ajuda de um aro próprio para empratar ou faça a seu gosto, salpicando o chocolate negro ralado por cima e uma haste de cebolinho a finalizar.

    sábado, 23 de abril de 2016

    Seitan de Cebolada para Petiscar



    Seitan de cebolada com salpicos de sementes de sésamo e salsa

    Receita vegetariana (sem qualquer produto de origem animal), para 4-6 pessoas


    Ingredientes base
    • 250 g de seitan, (usei a marca Elichristi)
    • 2 cebolas médias, descascadas e laminadas
    • 1 colher de sopa de açúcar amarelo
    • 2 fios de azeite
    • 4 colheres de sopa de vinagre balsâmico
    • Sementes de sésamo ou gergelim q.b.
    • Folhas de salsa frescas q.b.

    Preparação
    1. Corte o seitan em tiras de espessura de 1 dedo (mais ou menos) e reserve.
    2. Leve um sauté ao lume, deixe aquecer e adicione o azeite, o vinagre balsâmico, a cebola e o açúcar. 
    3. De seguida adicione o seitan em tiras e envolva.
    4. Deixe em lume mínimo, até a cebola ficar macia.
    5. No momento do empratamento, adicione sementes de sésamo e folhas de salsa a gosto.
    Observação: Esta receita é óptima para saborear com amigos.